You Can’t Skip Life, Can’t Skip Us, Can’t Skip PORTUGAL


Hey there, today I’m sharing a video ad about my beautiful and inspiring country: PORTUGAL.

No matter how old you are, at some point of your life you heard, seen or even met with some Portuguese people, gastronomy, landscape, event, culture, memes or even Portuguese slangs.
You definitely heard about Cristiano Ronaldo, and Salvador Sobral’s amazing and intimist music “Amar Pelos Dois” at Eurovision 2017 for the past weeks.
No, trust me, YOU HAVE, we are EVERYWHERE, we are *HUGE*, it’s awesome
I’ll let the landscapes and actors speak for themselves, it’s a truly breathtaking video approach.


As the great Portuguese poet(s) Fernando Pessoa (or Alberto Caeiro) says: «we are the same size as what we see, and not what we have». Go, explore. Set off to see a new world, get lost amidst the light that a new place brings. You can’t skip freedom. Can’t skip youth. Can’t skip life. Can’t skip us. You can’t skip PORTUGAL.

Look to see, not to show. Go to places you don’t know. Head off in discovery. Visit Portugal 🙂

Best regards and stay awesome,
Pedro Calado

Follow Me on Twitter @SocioTech_WP


Hey everyone,
I’m really sorry for the recent lack of posts, I’ve been overly busy investing more time on academic (post graduation) and social life matters.
I’ll make an extra effort to post more on SocioTech’nowledge WordPress, at least 1-2 times per week.

I’m more active and share more content on Facebook and LinkedIn.
Y
ou can also follow me on Twitter @SocioTech_WP and check what I share, you won’t be disappointed.

Best regards and stay awesome,
Pedro Calado

Filmes e livros que preveem um futuro tecnológico


Excelente post do Gabriel Tonello, muito interessante, vale a pena ler 🙂

A Ciência nas Coisas

 A medida que a tecnologia nos proporciona algo novo, as previsões para um futuro tecnológico vão se alterando. No passado já foi tomado como enfoque  inseminação artificial e carros voadores, e hoje, estamos mais voltados para a inteligência artificial.

Vamos tomar como exemplo o livro “Admirável mundo novo” escrito por Aldous Huxley, publicado em 1932. Um livro muito polêmico na época por prever algo muito fora da realidade, tendo em conta que a publicação foi em 1934. O livro retrata uma realidade onde a liberdade sexual é muito bem acentuada, onde o normal é você ter relações com o maior número de pessoas; pessoas são geradas por fertilização in vitro; e religiões são desperdício de tempo. Sim, tais previsões chocaram muita gente, e continuam sendo alvo de críticas por parte de alguns grupos conservadores.

Porém há muitas visões de como seria o futuro com essa exponencial criação de tecnologia. Então aqui vai…

View original post 744 more words

Inventor Asks Children For Ideas For Inventions And Makes Them A Reality


Hey there,

«Each individual experiences the world from their own unique perspective» and «seeing things from a child’s point of view can change everything».
The famous British designer Dominic Wilcox took this into account when he asked children throughout the United Kingdom to think of invention ideas, and when these children’s inventions started coming in, Dominic decided to pick some of the best ones and actually get them manufactured. After they were made, he invited the children to come and explain their inventions.

Dominic explained that “instead of just putting the drawings on the fridge door as most adults do with a child’s drawings, why not push the ideas as far as they can go? Taking the power of children’s imaginations seriously and see where it leads to.”

Here they are a couple of those, some are pretty ingenious:

British designer asks children for ideas for an invention. Then he makes them reality !

Original Source

The Best Way To Learn Is To Ask — Even The Dumb Questions — Thought Catalog


Paolo Raeli “Albert grunted. “Do you know what happens to lads who ask too many questions?” Mort thought for a moment. “No,” he said eventually, “what?” There was silence. Then Albert straightened up and said, “Damned if I know. Probably they get answers, and serve ’em right.” Terry Pratchett, Mort Almost every teacher, professor and…

via The Best Way To Learn Is To Ask — Even The Dumb Questions — Thought Catalog

Wisdom From Great Writers On Every Year Of Life



As different as we humans are from one another, we all age along the same great sequence, and the shared patterns of our lives pass into the pages of the books we love. In this moving talk, journalist Joshua Prager explores the stages of life through quotations from Norman Mailer, Joyce Carol Oates, William Trevor and other great writers, set to visualizations by graphic designer Milton Glaser. “Books tell us who we’ve been, who we are, who we will be, too,” Prager says.

The Renaissance Unchained


Hey there,

Have we got the Renaissance wrong? Today I started watching a 4 episode BBC Series (released this February 15th) called “The Renaissance Unchained, in which Waldemar Januszczak challenges the traditional notion of the Renaissance – art’s most important epoch – while showing unknown and breathtaking masterpieces, celebrating material that is new to television.

I’ve just finished watching Episode 1, in which Waldemar challenges the southern ‘myth’ of the Renaissance and showcases the pioneering achievements of the north in a very interesting narration. After that we travel through the invention of oil paints and the superb/genius development of optics and lenses, that allowed artists such as Van Eyck, Memling, Van der Weyden, Cranach, Riemenschneider and Dürer to take art into marvellous new territories.

 

Best regards and hope you watch it,
Pedro Calado

Transformação da TI não é opção, é necessidade


Tecnologia & Gestão

O tema transformação digital é um dos principais temas que aparecem nos debates com CIOs. Em recente evento em que participei, com mais de 150 CIOs, o tema apareceu com destaque e me permitiu fazer algumas observações. Já existem alguns bons exemplos de transformação digital em andamento, mas a grande maioria das empresas ainda está muito tímida em relação a esta mudança.

Porque isso? Um aspecto que observei é a falta de uma concepção do que seja realmente a transformação digital. Outro é que muitos executivos mostram-se receosos de se envolverem em algo que esteja fora de sua zona de conforto e portanto, de controle. Mas o risco de não fazer nada ou ser lento demais é o maior de todos.

Porque a transformação digital não é opção, mas um fato que afetará todas as organizações? Lembram-se da era da explosão das empresas dot-com quando o refrão era “a Internet…

View original post 1,352 more words

Por que os líderes de TI temem o ITIL


Tecnologia & Gestão

Não são poucas as resistências enfrentadas pelas equipes de TI sobre ITIL. A maioria delas, alertam os especialistas, vem do medo e o medo pode comprometer a estratégia inteira.

Para ajudar a endereçar a reduzir as confusões em torno do ITIL,  a especialista em gestão Linh Ho  compilou uma lista dos principais temores em torno da biblioteca britânica nos ambientes corporativos.

Confira quais são e entenda como é possível dominá-los.

1. Mudança
O temor de mudança é comum em vários aspectos da vida e do trabalho, mas Linh diz que muitos executivos de TI temem o ITIL com medo de perder o emprego. A executiva concorda que o ITIL representa uma grande mudança, mas adiciona que em muitos casos, a biblioteca traz a possibilidade de novas colocações.

Por exemplo, organizações de TI podem designar funcionários como donos de processos ou gerentes de mudança. Entretanto, Linh ressalta que gerentes de TI…

View original post 802 more words

Cinco passos para aplicar inovação na TI


Tecnologia & Gestão

Conhecimento é a matéria-prima da inovação. Quando identifica-se uma oportunidade ou um desafio, tudo o que aprendemos, incluindo nossa experiência cultural, ajuda a criar uma solução. Desde o que aprendemos na escola, até os costumes da comunidade em que vivemos, tudo serve para moldar essas reações, mas raramente essa base é gerenciada de maneira adequada pelas companhias nas quais atuamos.

Prova disso está no fato de que grande parte das empresas armazena suas informações mais estratégicas e críticas nas mãos (ou na mente) de seus executivos, sem documentá-las oficialmente. Assim, não é de espantar que muitas companhias, hoje, estejam extremamente preocupadas com os processos de sucessão de seus altos executivos, principais detentores de informações corporativas.

Com a intenção de resolver tal problema, as organizações têm investido na capacitação de seus funcionários. A iniciativa é louvável, certamente, mas ignora o principal ponto fraco das empresas: os modelos de documentação, armazenamento e…

View original post 490 more words